25 novembro 2009

Desperta-nos, Senhor!

No nosso último encontro de Grupo de Jovens reflectimos sobre...

Ter ou não ter... eis a questão!

Analisando as nossas próprias experiências de consumo e a maneira como vivemos o verbo TER, quisemos e propusemo-nos SER!

Reflectimos que este SER tem sentido na nossa relação com o próximo e na nossa caminhada de Amor. Porque não serve querer SER se não ligarmos aos SERes que nos rodeiam e que fazem parte das nossas relações. Seria como Amar o Pai sem querer viver a Sua vontade; seria contraditório!

Desperta, Senhor, os nossos corações:

"Os objectos são importantes, não há dúvida. É natural o desejo de termos coisas que nos dão segurança, estatuto. O problema começa quando deixamos de ser donos dos objectos para sermos seus escravos. Quando o nosso coração fica agarrado às coisas, não vamos conseguir ser felizes." (GPS)

Desperta, Senhor, o nosso silêncio vazio:

"Viver na lógica do consumismo quer dizer viver sem projecto e sem valores; limitando-se a orientar a vida de acordo com as ofertas de consumo que nos fazem. De algum modo, são as coisas que nos têm a nós e não o contrário." (GPS)

E tu, já pensaste com quem discutes os teus problemas do querer TER? Tens as coisas que necessitas? Tens mais ou menos do que as necessárias? Como seria a tua vida sem o teu telemóvel, sem carro, sem internet? Conheces alguma pessoa que para ti seja exemplar na sua relação com a necessidade de TER?

Saibamos então dar graças pelo que temos e torna-lo útil e rentável para os outros, e saibamos viver desapegados às coisas materiais. Para que o nosso SER se possa cumprir no encontro com Deus Pai.

Não tenhas medo de te deixar sentir. Ele dá-te a mão através de tantos rostos!
Basta que tenhas coragem de o deixar. A Sua proposta para ti começa pela tua busca interior daquilo que Ele te colocou no coração! =)

Desperta, Senhor, o nosso desejo de Ti!

2 comentários:

Anónimo disse...

TER… TER… TER…

Hoje, TER tornou-se uma palavra de ordem.
Mas TER para quem? Para mim? Para quê?

Aquilo que não se dá, perde-se, até mesmo, podemos perder as pessoas de que mais gostamos, aquelas que nos rodeiam, em virtude do egoísmo e, tornamo-nos sós, ficando à mercê daquilo que temos, sem apoio, sem sentimentos.

Sem sentimentos, … de onde poderá nascer o amor, aquele amor que me faz entregar aos outros, ao projecto que Deus tem para mim.

TER amor, é SER amor para a vida, é uma bênção, é paz, é plenitude, a nossa tenda será somente o mundo e teremos apenas aquilo que formos.

Se eu for feliz, … terei felicidade…

Se eu for partilha, … nada me faltará…

Se eu for amiga, … terei amigos para amar, e amar é sinónimo de dar.

Porque hei-de querer TER em primeiro lugar se o com SER, o TER vem por acréscimo e, existe na medida do SER.
TER em primeiro lugar, pode gerar egoísmo, e este impede-nos de SER.

Desperta, Senhor, o nosso desejo de Ti!

=), Paula!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,