10 dezembro 2006

Semana II

Passar à acção


é transformar-se, mas não de repente,
como que por magia...
mas através do esforço,
do empenho longo e difícil.
Os grandes milagres são raros.
A ti, a mim, é dado viver o combate de cada dia.
É preciso tempo para se transformar;
é preciso mais tempo ainda para mudar o coração
e olhar para o outro de modo diferente.
A conversão...
é todos os dias que ela se realiza.
É todos os dias que a violência nos ataca.
Não a violência dos outros.
Mas a nossa própria violência.
Aquela que julgávamos extinta
e que, tantas vezes, se reacende.
Passar à acção
é transformar-se,
irmo-nos transfigurando,
pouco a pouco,
e sem disfarces.
Desfio:
Como vivo a minha fé?
Que actitudes concretas tomo na minha vida como Cristão?
Como posso passar à acção?
Que acção/actos posso fazer neste tempo de preparação para o Natal?